Risco de contaminação por COVID em academia é baixo, confirma pesquisa

Pesquisadores analisaram mais de 62 milhões de visitas em academias de 14 países da Europa

Por: Redação09/11/2020

risco de contaminação por COVID em academia é baixo

Um novo estudo realizado pela universidade de Sheffield Hallam, da Inglaterra, em parceria com a universidade Rey Juan Carlos, da Espanha, apontou que academias apresentam baixo risco de contaminação por COVID-19.

Os pesquisadores analisaram mais de 62 milhões de visitas a academias de 14 países, desde de setembro deste ano, e registraram 487 casos positivos para COVID-19, uma taxa média de 0.78 para cada 100.000 visitas.

“Nossa primeira preocupação deve ser a prevenção ao coronavírus, mas também devemos garantir que a nossa comunidade consiga se manter ativa. Sabemos que estar fisicamente apto pode ajudar a reduzir a gravidade da infecção por Covid-19”, pontuou o Rob Copeland, professor e coordenador da pesquisa.

Embora a pesquisa ainda não tenha sido publicada, seus resultados confirmam os dados de outro estudo realizado nos Estados Unidos, em setembro deste ano, que analisou o número de alunos que frequentaram academias de maio a agosto de 2020 e quantos deles declararam ter testado positivo para COVID 19. Com 0.0023 % dos 50 milhões de alunos com resultado positivo para a doença, os pesquisadores afirmaram que as academias são seguras, desde que sigam os protocolos de limpeza e segurança.

Colaboração

Mesmo que as academias sigam todas as medidas determinadas para um retorno seguro às atividades, é preciso que todos colaborem para acabar com a COVID-19.

  • Lave bem as mãos e/ou as higienize com álcool em gel a 70%;
  • Limpe os aparelhos, sempre que possível, antes e após o uso;
  • Use máscara cobrindo a boca e o nariz durante toda a permanência no local (se for preciso, leve mais de uma, para realizar a troca, caso seja necessário devido á transpiração);
  • Respeite o distanciamento;
  • Leve a sua garrifinha com água.

No mais, são as recomendações de sempre: evite abraços e apertos de mãos, evite levar as mãos aos olhos e, se tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com a dobra do braço, mesmo usando máscaras.

Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close