Como evitar o sedentarismo

Especialistas dão dicas para combater o quarto maior fator de risco de morte do mundo

por: Redação10/03/2020

como evitar o sedentarismo .

Separar um horário na agenda para treinar pode não ser tão fácil quanto parece. Mas o compromisso de evitar o sedentarismo não pode ser adiado. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é considerado o quarto maior fator de risco de mortes no mundo. Apenas no Brasil, 3 em cada 100 mortes registradas no ano de 2017 podem ter sido influenciadas pelo sedentarismo, segundo dados do Ministério da Saúde.

Para entender o que é sedentarismo e como evitá-lo, conversamos com Roberto Alves de Souza Júnior, professor de Educação Física e influenciador técnico da Smart Fit, de Natal (RN), e Marcus Yu Bin Pai, médico fisiatra especialista em dor, de São Paulo (SP).

O que é sedentarismo?

Quando a pessoa é sedentária ela realiza atividades que demandam pouca energia. Às vezes, gastam pouco mais energia do que o necessário para as funções básicas do dia a dia, como dormir e respirar.

“Se a pessoa fica muito tempo sentada, deitada ou em pé (de uma forma que não demanda energia), ela é sedentária”, explica Roberto.

Como evitar o sedentarismo

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é a prática de atividade física leve ou moderada por, pelo menos, 150 minutos semanais. Pode até parecer um número distante, mas estamos falando de, aproximadamente, 20 minutos por dia.

“A melhor maneira de entrar em forma e ser saudável é trocar comportamentos prejudiciais por comportamentos saudáveis”, comenta Marcus.

Quer ler mais conteúdos como este?

Como treinar em casa e ter resultados
Os melhores exercícios para emagrecer
Como pular corda: dicas e treinos

Sinais de sedentarismo

Enfraquecimento dos músculos, metabolismo mais lento e crescimento da gordura são apenas alguns dos “sintomas” do sedentarismo. “Além disso, há a atrofia mental, que acontece quando o cérebro não é estimulado”, comenta Marcus. Os riscos de obesidade também aumentam. “Quanto menos ativo você for, menos energia [calorias] você gasta. Quanto menor o número de calorias queimadas, maior a probabilidade de ganho de peso”, explica o médico. Sem contar que ficar muito tempo sentado pode causar dor na região lombar, no pescoço e nos ombros.

Como sair do sedentarismo

Deixe de lado a televisão e o celular por alguns minutos e saia para uma caminhada. Se não der para perder a série que você tanto gosta, faça agachamentos ou flexões de braço enquanto curte o episódio, por exemplo. Se for ficar em frente ao computador, que tal colocar uma playlist de coreografias no Youtube e dançar por alguns minutos? Em prédios, substitua o elevador pelas escadas quando for subir ou descer poucos andares. Se estiver de ônibus, desça uma estação antes e finalize o percurso até o trabalho (ou sua casa) caminhando.

Pequenas mudanças podem garantir benefícios incríveis a longo prazo. Pode confiar.

Como evitar o sedentarismo em casa

No youtube da Smart Fit você tem vários treinos para evitar o sedentarismo e ter uma vida muito mais saudável. Confira!