Máscara na academia: por que usar e como treinar com ela

Depois de um período de adaptação, é possível manter o bom ritmo de treino, mesmo com máscara. Saiba como!

Por: Redação23/10/2020

máscara na academia

Nos últimos meses, as máscaras surgiram como uma forma eficaz de retardar a disseminação da Covid-19. Órgãos internacionais começaram a recomendá-las ainda no primeiro semestre deste ano. Por isso, também é essencial o uso de máscara na academia, para que todos possam treinar em segurança.

Por que usar máscara na academia?

Com os casos de COVID-19 ainda ocorrendo no Brasil e no mundo, essa é uma forma simples e prática de ajudar a prevenir o avanço da doença: ao usar a máscara você diminui a probabilidade de transmitir (nos casos assintomáticos) e contrair o vírus. Por isso, o uso de máscara é uma das providências tomadas pela administração das academias para que todos possam treinar com mais segurança. Distanciamento social, controle do número de pessoas dentro das instalações, uso de garrafa individual e esterilização de materiais são outras medidas adotadas para o retorno às unidades, a fim de combater o coronavírus.

+ Pesquisa diz que academia é segura e não contribui para aumento de COVID

Como se adaptar ao uso de máscara na academia

Controlar as respostas respiratórias é particularmente importante quando estamos treinando. Dessa forma, não apenas evitamos a disseminação do vírus, como também conseguimos reduzir o desconforto do treinamento com o uso da máscara.

No começo, usar máscara durante o treino pode até ser desconfortável. Mas, de acordo com um estudo publicado no periódico Biomed Research International, um período de adaptação e familiarização de uso das máscaras na academias pode reduzir – até mesmo eliminar – sinais de desconforto, como tontura, falta de ar e, a consequente, queda de desempenho.

Segundo Luiz Carlos Carnevali, diretor técnico da Smart Fit, mestre e doutor pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (USP) e um dos autores da pesquisa, o segredo não está só na intensidade total do treino – ou seja, na combinação de carga e velocidade de execução – mas no intervalo entre as séries e o tempo de recuperação. “Com a máscara, você tem uma percepção de esforço aumentada”, explica.

Como melhorar o seu treino com máscara

Confira abaixo algumas dicas de Carnevali para potencializar o seu treino com máscara.

  • Escolha a atividade física adequada. “O exercício indicado é aquele que gera menos hiperventilação, que te deixe menos ofegante”, diz Carnevali. 
  • Otimize. Use melhor o tempo do treino, dê preferência aos exercícios multiarticulares, que envolvem mais grupamentos musculares. De acordo com o especialista, desse modo, a carga total fica reduzida. 
  • Pegue mais leve. Quando for fazer o treino de força, diminua a carga.
  • Descanse. Respeite o intervalo de descanso entre as séries.
  • Fale com um profisisonal. Peça ajuda para um educador físico rever seu treino e, se necessário, fazer adaptações.
  • Atenção aos sinais que o seu corpo dá. Mas não retire a máscara enquanto estiver na sala – nem se estiver sozinho. 

O que mais você pode fazer evitar a COVID-19

Embora o uso de máscara na academia seja essencial para evitar a COVID-19, ainda é importante manter os cuidados com a higiene pessoal e respeitar os protocolos de segurança. Então, higienize os aparelhos antes e depois do uso, lave bem as mãos (sempre que possível) e, se for tossir ou espirrar, cubra boca e nariz com a dobra do cotovelo.

Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close